“Dia de Muertos”!

Os alunos de espanhol da Escola Secundária Fernão de Magalhães, juntamente com as suas professoras Maria Bernardete Queiroga e Elisabete Carrito, não quiseram deixar de marcar, junto da comunidade escolar, uma das tradições mais marcantes da América Latina, mais especificamente do México, o “día de muertos”! O “día de muertos” é uma celebração de origem indígena comemorada no dia 2 de novembro em honra aos falecidos e é nesta época que as almas são autorizadas a visitar os parentes vivos. É uma das festas mexicanas mais animadas, pois segundo relatos, os mortos vêm visitar os parentes. Esta festa é celebrada com comida, bolos, festa, música e os doces preferidos dos mortos, sendo os preferidos das crianças as caveirinhas de açúcar. Segundo a crença popular, nos dias 1 e 2, os mortos têm permissão divina para visitar parentes e amigos, por isso, as pessoas enfeitam os cemitérios e as casas com flores, velas e incensos, e preparam as comidas preferidas dos que já partiram, construindo verdadeiros altares, onde não podem faltar os elementos representativos do ar (através do papel picado), da terra (alimentos), o fogo (velas) e a água, assim como a fotografia dos entes que já partiram.

Para esta exposição os alunos pintaram Catrinas, ou seja, a representação de um esqueleto de uma dama da alta sociedade, com um chapéu como marca da mesma alta sociedade, do início do século XX, e que tem como função lembrar que as diferenças sociais não significam nada diante da morte

Ver mais fotos …