Centro Qualifica do Agrupamento de Escolas Fernão de Magalhães certificou mais quatro formandas de Sapelos.

A semana do dia internacional da mulher ficou marcada, no Centro Qualifica do Agrupamento de Escolas Fernão de Magalhães, pela certificação de quatro distintas mulheres que, ao longo da sua vida, granjearam competências, as quais lhes permitiu obter o nível B3 de qualificação escolar.

Ao longo dos seus processos de RVCC (Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências),

Gracinda Felizardo D` Araújo de Sousa;

Maria Alcides Rodrigues Marques;

Maria de Lourdes Ramalhete;

Rosa Maria Moura Ramalhete,

construíram os seus portefólios com recurso às suas experiências de vida e formação complementar interna sempre acompanhadas, com todo o rigor, por uma equipa técnico pedagógica de grande experiência em educação e formação de adultos.

O Processo RVCC desenvolveu-se na aldeia de Sapelos, concelho de Boticas, nas instalações da antiga escola primária. Todavia, em determinado momento, o espaço tornou-se pequeno perante a grande vontade de “ saber mais” e diante de uma imensidão de recursos de aprendizagem que o concelho de Boticas oferecia. Daí várias das sessões de balanço de competências terem ousado sair do espaço da escola para se consubstanciarem em sessões não formais de formação que passaram pela visita à Biblioteca Municipal de Boticas, ao Centro de Artes Nadir Afonso, ao PAVT (Parque Arqueológico do Vale do Terva), parque este, que também integra a aldeia de Sapelos. Entre outras atividades realizadas destacamos ainda, as relacionadas com o Plano Nacional de Leitura, nomeadamente o assinalar do dia 1 de fevereiro, dia da Leitura em Voz Alta com leituras em voz alta realizadas no grupo.

O poder de comunicação das adultas nas suas provas de certificação foi notório e envolveu o júri numa audiência que se prolongou para além da hora marcada, tal foi o interesse que despertaram com a riqueza das suas apresentações.

O Centro Qualifica do Agrupamento de Escolas Fernão de Magalhães deseja a estas formandas as maiores felicidades e realizações pessoais, tendo as suas portas abertas para outros processos formativos que estas queiram frequentar, como mencionaram desejar.

O Programa Qualifica apresenta-se também como uma iniciativa de grande justiça social, por criar uma igualdade de oportunidades às mais diversas pessoas, sobretudo a mulheres que sofreram as consequências das iniquidades geracionais e territoriais dos tempos em que viveram, não sendo demais salientar este aspeto no seguimento das celebrações do Dia Internacional da Mulher.

A missão dos Centros Qualifica centra-se na população adulta que, pelos mais diversos motivos, interromperam os seus processos educativos e formativos.

No Centro Qualifica do Agrupamento de Escolas Fernão de Magalhães, candidatos com 18 anos ou mais podem encontrar uma diversidade de ofertas de formação que atendem a percursos e projetos individuais com respostas ajustadas de qualificação, tanto de nível básico como de secundário

(conforme as habilitações base dos adultos e os seus perfis).

Os cursos EFA de dupla certificação que além de um nível escolar conferem uma qualificação profissional são também respostas que têm como “porta de entrada” o CQ – AEFM.

As UFCD (Unidades de Formação de Curta Duração) de 25 e/ou 50 horas inserem-se em oportunidades de qualificação no âmbito do desenvolvimento pessoal, social e profissional e podem ser encontradas igualmente neste Centro Qualifica.

O PLA (Português Língua de Acolhimento) é uma oferta destinada a pessoas migrantes que pretendam frequentar cursos de Língua Portuguesa.

O Centro Qualifica -AEFM tem a sua sede no Largo General Silveira (Jardim das Freiras), em Chaves, e está integrado no Agrupamento de Escolas Fernão Magalhães, instituição com longa e larga tradição na educação e formação de adultos.

Cabe ainda, informar que o Centro Qualifica do Agrupamento de Escolas Fernão de Magalhães na sua missão de qualificação da população adulta, além da sua atividade na Escola sede do Agrupamento, desenvolve processos de reconhecimento com equivalência escolar de nível básico e secundário em regime de itinerância, em vários concelhos do Alto Tâmega, deslocando-se para o efeito uma equipa de formadores às localidades onde se constituem grupos de formação.

As inscrições no Centro Qualifica do Agrupamento de Escolas Fernão de Magalhães estão (sempre) abertas para quem pretende concluir a sua escolaridade ou obter mais qualificação profissional.