+7 Certificações

RVCC de nível Secundário

Sete é um número ímpar, tal como ímpares foram as sete apresentações decorrentes dos processos de certificação, que tiveram lugar nos passados dias 26 de maio e 2 de junho. Aqui estiveram presentes sete adultos integrantes de três itinerâncias: Anabela Moura, Sandra Freixeda e Tiago Machado, integrantes da itinerância de Quintela; João da Eira, Mónica Alves e Sílvia Mateus, da itinerância de Valpaços e Paulo Bragança Rodrigues, da itinerância de Boticas.

Apesar da distância geográfica, estes adultos estiveram unidos com o mesmo objetivo – a obtenção do nível secundário de qualificação, auge dos seus processos de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (RVCC), de âmbito escolar.

Foram 3 sessões que primaram pela riqueza das apresentações pessoais de cada um destes formandos, que nos brindaram com as suas Histórias de Vida e com as competências e saberes adquiridos através delas. Estes momentos servem ainda para certificar as validações obtidas por estes adultos, ao longo dos seus processos de RVCC, face às evidências exigíveis pelo Referencial de Competências Chave, elemento estruturante destes processos, as quais ficam registadas não só nestas Sessões de Júri como nos Portefólios Reflexivos de Aprendizagens apresentados pelos referidos formandos.

O Coordenador do CQ AEFM, Dr. José Alfredo Faustino, acompanhado pelos professores/formadores, António Santos, João Franco, José Amador Escaleira, Manuela Gomes, Paulo Fernandes, Sandra Lopes, Sónia Cunha e pela Técnica de ORVCC, Carla Nascimento, foram os membros integrantes destas sessões de Júri de Certificação, os quais se juntaram à restante equipa interna de formadores, das diversas áreas de competência chave, Carla Ferraz, Elisabete Oliveira, Gisela Santos, João Franco, José Amador Escaleira, Manuela Gomes, Manuela Simões, Manuela Tender, Nuno Costa, Paulo Fernandes, Sandra Lopes, Sónia Cunha e Virgínia Pereira, que acompanharam e integraram, nas localidades supra mencionada, os referidas adultos, durante todo o seu percurso de reconhecimento e validação de competências.

Neste sentido, fica assim registado o nosso agradecimento a todos os envolvidos nestes processos (incluindo os parceiros do nosso CQ nestas três localidades) aos quais se juntaram, tão entusiasticamente, os familiares e amigos destes adultos, que com enorme orgulho testemunharam este momento final de certificação, sendo que também eles são, muitas das vezes, os pilares, o apoio e as testemunhas mais fiéis do trabalho exímio e árduo que estes processos exigem.

Para finalizar, gostaríamos de destacar e valorizar o excelente trabalho desenvolvido por estes adultos, que com resiliência, enorme dedicação e empenho, desenvolveram, com sucesso, mesmo durante o período de pandemia, o seu percurso de RVCC, tornando-se, desde logo, bons exemplos a seguir por outros adultos que, tal como eles, pretendam completar os seus percursos escolares e que, pelos mais diversos motivos, deixaram, em seu tempo, incompletos.

Carla Nascimento

TORVC CQ AEFM